sábado, 25 de novembro de 2017

Coleção: L'Histoire de TR e Archives Vol.3


Apesar da notável quantia de material que possuo em minha coleção em francês, eu não tenho qualquer tipo de domínio sobre o idioma. Assim sendo, L'Histoire de Tomb Raider é um belíssimo livro de 480 páginas de conteúdo sobre o qual nada posso comentar.

Sobre Archives Vol. 3, é seguro dizer que ele mantém a excelente qualidade estabelecida pela editora Dark Horse, apesar de incluir um extra questionável desta vez. Comentarei mais sobre isto quando estiver com o último volume em mãos, junto a um recapitulativo de cada edição da coleção.

Aliás, falando nesta coleção, é válido citar que a primeira leva de quadrinhos da Dark Horse receberá um volume de luxo em formato similar, reunindo as primeiras 18 edições e mais o prólogo The Beginning. Será disponibilizado, no mercado americano, em fevereiro por USD 50.

Para tentar agregar um mínimo de valor útil a esta postagem, abaixo você pode conferir o índice completo de L'Histoire. Alguns meses atrás, a editora Pix n' Love estudava publicar uma versão em inglês do livro, então agora resta aguardar. De qualquer forma, olhando por cima, parece ser um bom complemento para o 20 Years of Tomb Raider (este é obrigatório na coleção de todos fãs).

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Como jogar o Tomb Raider CCG, parte 3

Encerrando essa série de postagens dedicadas a traduzir e detalhar as regras da relíquia perdida que é o Tomb Raider CCG, esta terceira parte traz considerações complementares às postagens anteriores, bem como as regras introduzidas com a primeira expansão. Todo o conteúdo está arquivado sob o marcador CCG.

Curiosamente, acabei esquecendo de compartilhar o manual de regras original! Uma versão impressa está inclusa nos quatro decks iniciais lançados pela Precedence, mas você pode encontrar uma versão para download no site The Treasure Vault. Sempre que cito cartas nos textos, acabo inserindo links para o portal para uma referência rápida, certamente vale a pena conferir.

[ * * * ]
  • Observações gerais
Algumas cartas contradizem estas regras. Em casos assim, priorize quaisquer regras impostas pela carta. Mesmo que mude uma regra, a carta ainda segue as demais regras.

Cartas de ação podem ser lançadas a qualquer momento e são válidas até o fim do turno, a menos que a própria carta tenha determinações diferentes.

Itens podem ser usados a qualquer momento, a menos que a carta imponha restrições. Para itens de efeito contínuo, você não pode controlar mais de uma cópia de uma mesma carta simultaneamente.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Como jogar o Tomb Raider CCG, parte 2

Dando continuidade a esta postagem, eis aqui a segunda parte das regras do Tomb Raider CCG. Apesar de atrair especialmente aos colecionadores, a experiência proporcionada pelo card game em si pode ser surpreendente; é realmente uma lástima que ele não foi tão popular quanto eu gostaria.

Esta postagem é totalmente dedicada à sequência de jogo. Além de uma versão resumida para referência e consulta rápida, cada uma das etapas é detalhada e, ocasionalmente, complementada com exemplos. Com algumas poucas mudanças nestas regras, o jogo pode ser jogado sozinho, mas explicarei isso num futuro próximo...

[ * * * ]
  • Sequência de jogo
Um turno de jogo é dividido da seguinte maneira. Em sentido horário, todos os jogadores devem realizar todos os passos de cada rodada antes de seguir para a próxima rodada.
  1. Rodada Inicial (Ready Round)
  2. Rodada de Ação (Action Round)
    1. Movimentar-se
    2. Explorar
    3. Lançar obstáculos
    4. Atacar outros Raiders
    5. Enfrentar obstáculos
  3. Rodada de Busca (Search Round)
  4. Rodada de Pesca (Draw Round)
    1. Descartar
    2. Pescar
    3. Salvar
    4. Recarregar

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Como jogar o Tomb Raider CCG, parte 1

Dentro do mês de novembro, vou postar as regras do Tomb Raider CCG traduzidas e atualizadas, quando aplicável. A grande ironia nesse empreendimento é que o jogo nunca foi lançado no Brasil, portanto só existe em inglês e depende de um domínio básico do idioma de qualquer forma.

O manual em si tende a ser superficial em certos detalhes, então fiz o meu melhor para tornar as regras mais "lineares" e objetivas. Como resultado, essa série de artigos não corresponde a uma tradução direta do manual mas, sim, de uma adaptação.

Intencionalmente, diluirei o conteúdo em postagens menores, para talvez despertar a curiosidade de quem até então não conhecia o TRCCG. Em algum momento no futuro, pretendo oferecer todo o conteúdo organizado em um pdf, com outros extras que ainda estão em planejamento.

Neste primeira postagem, vamos conferir as regras gerais do jogo. Vou assumir que você já possua um certo entendimento do que cada carta representa (para todos os efeitos, esta postagem é uma boa referência), mas posso acabar repetindo certas informações.

Se alguma informação levantar dúvidas ou parecer incorreta, por favor, entre em contato.

[ * * * ]
  • Habilidades e testes
Todos os personagens possuem quatro habilidades classificadas em números: Fight (vermelho), Move (azul), Search (verde) e Think (amarelo). Estes números afetam o jogo diretamente e representam a quantidade de dados que você vai rolar quando precisar testar tal habilidade.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Alicia Vikander virá para a CCXP no Brasil

A atriz Alicia Vikander é uma das convidadas especiais da Comic Con Experience deste ano! O evento, que ocorre entre os dias 7 e 10 de dezembro em São Paulo, contará com um painel da Warner Bros. no qual a atriz deve compartilhar experiências sobre Tomb Raider: A Origem.

Eu, infelizmente, não vou poder comparecer por inúmeros motivos, mas essa talvez possa ser uma oportunidade praticamente única para conseguir um autógrafo e uma foto com a atriz. Se você tiver condições, não deixe-a passar.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

A jornada ao rank 60 no multiplayer de TR2013

Recentemente, decidi encarar o (assombroso) modo multiplayer de Tomb Raider em busca das últimas conquistas que me faltavam na Steam. Tendo já encarado essa jornada duas vezes, nas versões para PS3 e PS4, reencontrei uma velha situação: a dificuldade de encontrar partidas.

Desde seu lançamento original, o multiplayer sempre foi um componente relativamente vazio. Não é difícil entender o porquê não emplacou, ainda mais se considerarmos a saturação de modos multiplayer no gênero de tiro em terceira pessoa. Em minha opinião, os modos cooperativos de Guardian of Light e Temple of Osiris, e mesmo o Endurance de Rise of the Tomb Raider, oferecem uma experiência muito mais divertida e agradável.

Além disso, vale notar que TR2013 possui 15 conquistas diretamente vinculadas ao multiplayer, tornando o modo obrigatório para jogadores que visam o troféu de platina (ou a marca de 100%). Como costuma ser o caso para conquistas online, ao invés de um incentivo, elas se tornam um empecilho, fazendo com que jogadores se ajudem entre si e descartem completamente o jogo "legítimo", o que, por sua vez, acaba incomodando aqueles que tentam apenas se divertir ali, sem a preocupação de um TOC.

Enfim, estou saindo por uma tangente aqui. Esta nova jornada ao rank máximo foi mais rápida que as anteriores, graças ao suporte de outro jogador e um método eficaz que eu, até então, desconhecia. Para fins de arquivo, a seguir você pode conferir uma explicação breve deste método, bem como de um outro que pode ser feito sozinho e que também se provou útil no passado.

Para os dois métodos, paciência é a palavra-chave...

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Edição limitada de TRU, coletânea e LCTOO


Esta edição de Temple of Osiris contém apenas um código dentro da caixa, da mesma forma que o pacote de expansão de Underworld. Uma edição em disco para PS4 existe, lançada apenas na Europa como parte da edição especial, o que torna essa versão, encontrada por um amigo em Florianópolis, um tanto curiosa. Uma aquisição válida.

A edição limitada de TRU também foi exclusiva para Europa, embora nem isso justifique o atraso na sua aquisição. Da mesma forma que a edição limitada de Anniversary, o estojo em formato digipack usa as belas artes do jogo. O disco bônus apresenta conteúdo que já conhecemos bem, reunidos em uma compilação bacana, apesar de simples e relativamente incompleta.
Por fim, a coletânea Ultimate Edition foi um presente do incrível Roli, do portal Raiding the Globe. Lançada na Hungria, são 3 DVDs com a série completa até então (de TR1 a TRU), incluindo os pacotes de expansão dos três primeiros jogos. Certamente um bom ponto de partida, mas suspeito que esse tipo de coletânea acaba atraindo apenas os colecionadores já estabelecidos da franquia.